terça-feira, 3 de março de 2015

Do que visto,do que sou...



Me visto do que leio
Me visto do que escrevo
Me visto do que penso,
 mas deixo esse de lado caso me faça retroceder no medo.
Me visto com o olhar.
Me visto com a manhã.
Me visto com o sol.
Me visto de sonhos e dos detalhes que compartilhamos.


Escrito em  14 de Abril de  2013, num domingo

Natalia Cayres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte o seu lado da História!