sábado, 4 de agosto de 2012

Marcas



As vezes não sei o que faço comigo mesma! De um tempo para cá, as coisas literalmente parecem ter saído do meu controle, me deparei com situações que nunca imaginei que iria passar, mas nunca saberemos o que esperar  do virar dos dias. E agora são tantas marcas físicas e emocionais que distorcem tudo que antes parecia tão definido para mim, olho para essas marcas e inúmeras duvidas me cercam, inseguranças que abrem um buraco dentro de mim que não sei ser capaz de preencher totalmente. Posso jogar terra por cima, tentar ajeitar com a pá, mas quando abro os olhos lá esta tudo de novo, aberto, na minha frente, insistentemente.
Já me dei conta, com certa relutância, que agora existem coisas que terei de conviver que não serão  ocultadas por simples vontade, será uma parte de mim, tatuada e pronto. Mas isso não quer dizer que o sentimento amargo que senti me trazendo tristeza e indagações deve permanecer. Acho que já fiz o drama suficiente e essa parte tem que ser virada. São marcas que fizeram com que tentasse olhar de todos os ângulos a maneira que estava minha vida, e com elas percebi que nada se pode prever, e mesmos os julgamentos cruéis que fazemos de nós mesmos podem ser injustos quando não podemos nem descrever o momento e nossas ações! O que faço agora? Não há nada mais sensato do que pensar em simplesmente continuar seguindo com a vida! E nesse momento só quero pegar minha xícara de café e terminar o livro que estou lendo...
image

Nathy Cayres

2 comentários:

  1. Oi Nathy *-*
    Realmente a vida as vezes nos reserva surpresas que nem no mais louco dos pesadelos seriamos capazes de imaginar, mas acredito que mesmo muitas vezes as coisas andando na direção contraria elas nos levam exatamente a onde devemos estar, mesmo que isso tenha que deixar algumas cicatrizes e marcas.

    Beijos da Luna =*
    www.tyciahadi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É e quem disse que é fácil viver.
    Talvez te de vontade de fugir também, eu tenho sempre.

    Mas no fundo, por mais dor que sintamos, um dia enchergamos que somos mais fortes do que imaginávamos, não é mesmo? E poetas tem uma força que vem além das palavras.

    Você é forte. Eu sei que é. =}


    Bjinho no coração. Pra ajudar a sarar as magoas. ^^

    ResponderExcluir

Conte o seu lado da História!