terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Sobre PACIÊNCIA

De todo caminho que percorri, uma coisa certa aprendi. Afinal, depois de muito tempo exercitando a minha mente e coração, o que aprendi foi sobre ter paciência.
Quantos planos feitos e que foram por água abaixo, quantas noites mal dormidas em que o único som era o compasso de meu relógio marcando o tempo, que para mim havia se tornado tão desgastante. E houve aqueles dias que eu batia papo com a monotonia, e entrava em guerra com a rotina. E também houveram aqueles momentos de extrema saudade, em que o peito apertava e minha mente se voltava contra mim distorcendo meus sentimentos. Quantas vezes me decepcionei com as pessoas e até comigo mesma, e tantas outras me pareceu que o mundo inteiro estava contra mim. Incrível nossa capacidade de exagerar alguns fatos! Eu perdi meu ar, o caminho, o horizonte e até mesmo o que eu era ou podia ser, deixei de lado coisas que não podia, até recobrar meus sentidos e minha memória.
E de tudo isso aprendi certamente ser paciente, e não entregar todos os pontos, pois tudo em mim sempre  gritava por persistir, e ir de encontro aos novos dias para ver o que eles podiam me trazer. E eu sei que o fluxo de tudo isso sempre irá mudar!

Nathy Cayres

2 comentários:

  1. OI minha Lindaa *-*
    Adorei demais esse texto...
    Só aprendemos a ter paciência exercitando e vejo que esse ano foi um ano de exercicio tanto pra você como pra mim *-*

    Beijos =*

    ResponderExcluir
  2. Curti demais este texto seu Nathy..

    Paciência, é difícil adquiri-la, mas com o tempo, momentos aprendemos a lidar com ela.
    beeijo

    ResponderExcluir

Conte o seu lado da História!