sexta-feira, 6 de setembro de 2013

A lua é uma companheira correta.


A lua é uma companheira correta.
Ela nunca se vai. Está sempre lá, observando, constante, reconhecendo-nos em nossos momentos de luz e escuridão, em constante transformação, assim como nós. Todos os dias uma versão diferente dela mesma. Ás vezes fraca e lívida, noutras forte e cheia de luz. A lua compreende o significado do ser humano.

(Livro: Estilhaça-me- Tahereh Mafi)

Um comentário:

Conte o seu lado da História!