sábado, 16 de fevereiro de 2013

Refúgio

Hoje me peguei desejando estar andando a beira mar, observando as ondas indo e vindo, ocupando toda minha visão de azul. Faz muito tempo que não vejo o mar, a ultima vez em que molhei os pés nele, eu era muito criança, e não tinha consciência do quanto o simples ato de contemplá-lo já traz calma. Por hora, sou uma garota da cidade, a qual a imensidão que contempla é o céu estrelado, imaginando que por um momento gostaria de estar distante. Percebi que estou precisando de um refúgio, onde eu possa me encontrar, onde eu possa quem sabe me reparar.
 
 

Um comentário:

  1. Caraca, vc arrasa nas palavras, amei o texto, as palavras ...



    Beeijos

    ResponderExcluir

Conte o seu lado da História!