quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Fragmentos

 
 
E ela descobriu-se como centenas de detalhes espalhados em todo lugar.
No espelho somente a pele, suas formas e traços,
por dentro um mundo inteiro, muito vivo, girando constantemente.
E partes de si estavam em toda casa, sobre os livros, os cds, o café.
A poesia de sua boca ecoava com todos os sons.
Os sonhos flutuavam invisiveis por todo o espaço.
E tudo tinha seu cheiro.
Onde ia deixava algo de si.
 
 
Nathy Cayres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte o seu lado da História!