quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Sobre o meu primeiro dia lá:

Era muita gente, todo mundo sem saber pra onde ir, ou mesmo pensando em quem perguntar, mas parecia não ter ninguém pra responder, eu estava ali tão confusa quanto os outros, me sentindo uma estranha no formigueiro. Tantos rostos, todos tentando parecer maduros, confiantes, tentei blefar nisso também. 
Incrivel como temos capacidade de puxar conversa, ou mesmo fazer uma amizade quando estamos no CAOS, perdidos e no mesmo barco... Tipo aquela música da Avril Lavigne: "eu não sei quem você é, mas estou com você"! E no final acabou tudo num cara cover do Elvis, fazendo um show em cima do palco, e algumas pessoas gritando e batendo palmas! Foi uma bagunça, como todo primeiro dia é, como tudo que é novo parece ser, quando estamos apenas nos acostumando e nos situando.

Nathy Cayres

2 comentários:

  1. A gente sempre tenta mostrar algo pra alguém.

    ResponderExcluir
  2. é lindo a parte de fazer novas amizades, do nada, com o nada, mas, melhor fazermos com que as pessoas nos aceitem e gostem de nós como somos...

    beijos deculpa a demora de aparecer aqui de novo

    ResponderExcluir

Conte o seu lado da História!