terça-feira, 29 de novembro de 2011

Vou com o Vento


Rua Vazia,
Tarde Fria.
Passos sozinhos,
Passarinhos no ninho.
Ninguém lá na esquina,
Vida calada,
Só o vento, só o vento,
Balançando as folhas das árvores.
Eu já sei...
Vou com o vento!
Deixo ele me levar
Como uma folhinha,
Que sugou todo ar do mundo
e agora cai,
Cai livre,
Vai solta,
Vai com o vento!

Nathy Cayres

3 comentários:

  1. Em alguns momentos precisamos deixar a vida e as escolhas seguirem com o vento, simplesmente deixar as coisas acontecer e vê em que tudo vai dá...
    Lindo texto *-*

    Beijos minha linda =*

    ResponderExcluir
  2. Oláá
    Adoro poemas curtos e tão expressivos! Gosto desse modo de demonstrar sentimentos de um modo tão breve mas tão tocante, lindo!

    E voemos com o vento, por que ele vai até onde não vemos :)

    estou enferrujada para versinhos.

    Mas você é minha fiel leitora do blog, obrigada x.x sem você ficaria deprimida!
    Beeeeijos!
    boa quarta ^^

    ResponderExcluir
  3. Deixe o vento te levar...te levar para longe, mas, nunca se esqueça, quando um vento te leva de um lugar, jamais ele volta para o mesmo lugar da mesma maneira...

    beijos

    ResponderExcluir

Conte o seu lado da História!