domingo, 7 de agosto de 2011

Foi no Outono

Foi no Outono em que estivemos juntos. Que caminhamos por todos o cantos da cidade rindo alto, sem vergonha , sem receio!
Foi no Outono que você me deixava bilhetes em todo lugar. Bilhetes de saudades, de versos, de sorrisos.
Tão bonito, tão dourado, tão natural quantos as folhas das árvores que despencavam sobre nós, leves e delicadas, enquanto dançávamos entre elas cantando nossas músicas preferidas.
Eu amei este Outono, assim como amei você, dando o melhor de mim, compartilhando contigo tudo que eu era.
Mas assim como as estações, que vem e vão, você mudou e se foi. E agora mesmo com tudo verde novamente, a brisa, enfim, não sei se quero esperar  pelo Outono, nem o que sentir, talvez você volte, mas acho que também mudei, mudei de ideia,  apesar de não te esquecer!

Nathy Cayres

Um comentário:

Conte o seu lado da História!