domingo, 27 de fevereiro de 2011

Preciso me encontrar

Preciso me encontrar, só não sei como.
Talvez eu me encontre numa musica, em alguma estória em um livro, ou escrita por mim, quem sabe em um simples verso de quatro linhas. Ou então numa viagem, longe tudo que conheço e que estou cansada de ver, poderia ser também em um trabalho, ou num filme. Ainda não sei que caminho é esse, mas o futuro nunca poderá ser revelado, cada dia, cada momento, é o que é reservado para se viver naquele despertar com o céu azul, ou cinzento, e em determinada hora, a gente para pra pensar, se estamos parados ou andando. Estou cansada dessa rotina, estou cansada de só imaginar cenas, estou cansada de me preocupar com a possibilidade de conseguir ou fracassar. Vou me apegar a um pequeno projeto, mesmo que ele pareça bobo, mesmo que as vezes ele não pareça pra mim. Eu quero um giro, um movimento, algo para intensificar um pouco as coisas. Talvez eu me encontre num olhar, num sorriso, num acontecimento não esperado! Talvez eu me encontre em um amor...
(Nathy Cayres)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte o seu lado da História!